Previsão do Novo Concurso da PM-AM 2019


Seleção está na etapa de escolha da banca organizadora.

O esperado concurso da PM AM (Polícia Militar do Estado do Amazonas) deve acontecer já no primeiro semestre de 2019, o próximo passo é definir à empresa que irá administrar o certame, feita à escolha a expectativa é que o edital saia em breve com o objetivo de preencher os 661 postos requeridos para o seu quadro de profissionais

Deste total (661) espera-se a seguinte divisão em postos com atuação específica:


  • 20 policiais para o cargo de Oficial de Saúde (sendo aluno oficial da área da saúde);
  • 20 policiais para o cargo de Cabo com especialidade em Música (sendo aluno cabo);
  • 20 policiais para o cargo de Cabo com especialidade em Saúde (sendo aluno cabo);
  • 601 policiais para o cargo de Soldado para Combate (sendo aluno soldado).

Para cada tipo de cargo será exigida um tipo de formação escolar mínima, por exemplo para o cargo de Oficial o nível de escolaridade mínima exigido será de nível médio ou mesmo superior, sempre de acordo com a especialidade escolhida pelo candidato no ato da inscrição.

Já para o cargo de cabo o nível de escolaridade mínima ainda será definido, uma vez que esta informação ainda não foi divulgada.

Mesmo sem a contração da empresa para administração do edital, a banca organizadora já foi constituída, quem terá a honra de ser o presidente será o coronel Ronaldo Negreiros da Silva, sendo a coronel Cheyenne Anute de Lima quem vai ocupar a vice-presidência.



Como foi o Último Concurso

A cerca de 7 anos, precisamente em 2011, foi lançado o último concurso para Polícia Militar do Amazonas, organizado pelo Isae (Fundação instituto Superior de Administração). O processo ofereceu mais de 2.400 vagas, sendo somente 2.000 para o cargo de soldado e o restante para os cargos de oficiais especialistas, de saúde e combatentes.

Na época todos os interessados no cargo de soldado deveriam ter cursado o nível médio e deter altura mínima de 1,65m (isto para os homens) e 1,60m (isto para as mulheres), além de terem idade entre 18 e 28 anos.

A remuneração oferecida para este cargo era de R$ 1.104,81 para os candidatos durante o curso de formação e R$ 1.637,33 após o término do curso.

Os novos interessados devem ficar atentos, pois para admissão nos cargos foram exigidas a realização de provas em caráter objetivos, além da apresentação de uma série de documentos. Determinados cargos ainda exigiam exames de ordem prática.

Dentre todas às etapas requiridas destacamos:

  • Etapa com provas objetivas;
  • Etapa com avaliações na área da saúde;
  • Etapa com avaliações para aptidão física;
  • Etapa com avaliações para área psicológica.

Além das etapas já mencionadas de apresentação dos documentos, uma completa investigação de caráter social e os documentos pertinentes ao nível de escolaridade também são condições básicas para aprovação de todos os candidatos.

As provas objetivas para o cargo de soldado envolveram um total de 50 questões, sendo:

  • 20 (vinte) questões da Lingua Portuguesa;
  • 12 (doze) questões de Matemática;
  • 14 (quatorze) questões de Geografia tanto do Brasil como do Amazonas;
  • 14 (quatorze) questões de História do Brasil como do Amazonas.

Cada questão valia um ponto e a pontuação mínima exigida foi de um ponto por disciplina apresentada e 24 pontos no total das questões da prova.

As avaliações ocorreram em 13 municípios diferentes no Estado do Amazonas, dentre eles destacamos:

  • Município de Tabatinga;
  • Município de Tefé;
  • Município de Itacoatiara;
  • Município de Lábrea;
  • Município de Humaitá;
  • Município de Coari;
  • Município de Boca do Acre;
  • Município de Eirunepé;
  • Município de Barcelos;
  • Município de Manacapuru;
  • Município de Parintins;
  • Município de São Gabriel da Cachoeira;
  • Além do município de Manaus, capital do Estado.

Agora é só aguardar as próximas etapas e se preparar!

Carlos B.

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *