Seleção da Banca Organizadora do Concurso MP-CE 2019


Certame deve contar com vagas para Analista e Técnico.

Ainda neste mês de novembro, deverá ser realizado o Concurso do Ministério Público do Estado do Ceará, com vagas para analistas e técnicos.

Os diferentes níveis acadêmicos podem ser contemplados com uma vaga para as duas funções que estão à disposição em seu edital.


Para os técnicos o salário-base é cerca de R$2.935,08, com pré-requisito de ter terminado apenas o ensino médio. As pessoas que possuem algum diploma em seu currículo poderão concorrer a vaga de analista ministerial, com a remuneração de R$4.815,59.

O que irei desempenhar em caso de classificação?

Para as pessoas que passaram no concurso é bom saber quais funções que irão desempenhar antes de serem ‘pegas de surpresa’, já que em muitas situações, os candidatos não sabiam o que iriam desempenhar e acabavam desistindo.

Em nível técnico é necessário desempenhar com eficiência as seguintes funções: suporte administrativo, observar os trâmites legais de processos que ocorrem em sua comarca, digitação, redação de ofícios, além da assistência necessária nos órgãos a serem expedidos.



Para os graduados em alguma área é necessário auxiliar seus superiores (funcionários do Ministério Público, promotores e procuradores da justiça), por meio de minutas, peças processuais e recursos a serem julgados e analisados, além das funções desempenhadas dos técnicos.

O último concurso foi realizado em 2013

O concurso contou com as mesmas vagas que são oferecidas para este concurso de 2018: técnicos e analistas em direito.

A prova de nível técnico contou com questões amplamente diversas, desde conhecimentos específicos e conhecimentos gerais com 20 questões de língua portuguesa e 10 de informática, além de 40 questões de conhecimentos específicos. A avaliação contava com 70 questões.

Para os analistas em direito, foram previamente selecionadas as questões envolvendo conhecimentos gerais, sendo dividida entre 20 de Língua Portuguesa e dez de informática, além de 40 questões de conhecimento específico.

Como se dar bem em um concurso?

Apesar do longo tempo sem a realização do concurso, ano após ano reservam surpresas a todos os candidatos, mas somente os mais bem preparados terão oportunidade de ingressar em uma vaga que é muito disputada, seja pela falta do trabalho ou pela remuneração considerada por muitos candidatos ser bastante interessante.

O empenho deve ser atribuído do início ao fim, por esta razão ler revistas, jornais e até mesmo debater com qualquer pessoa pode ajudar a sentir melhor preparado para a prova. Discutir democraticamente sob diferentes pontos de vista é fundamental para compreender também os desafios que a sociedade busca exprimir a cada um de nós.

As opiniões devem ser contempladas a partir do momento em que entram em acordo e observam os pontos fracos e positivos, preparando não apenas para a prova, mas em caso de classificação, o candidato passará por situações semelhantes e que exigem um feedback da maneira conveniente.

A preparação deve ser analisada da seguinte forma: antes, durante e após a prova.

Estudar de forma gradual, sem se autopressionar, será um dos seus pilares e companheiros de estudo, por isso, não se exigir tanto no decorrer de sua preparação é considerado primordial para poder lembrar com mais facilidade durante a realização da prova.

Após a realização da prova faça um repouso sem hora para acabar, quanto mais pensar na prova que fizeste, mais apreensivo irás ficar e assim perderá noites de sono e deixará de aproveitar o que a vida tem de bom para nos oferecer todos os dias.

Desenvolver aptidões necessárias que diminuem a ansiedade fará um ‘check-up’ pessoal muito mais importante para a sua própria identificação com sua atual profissão. A prova pode definir um candidato, mas não limita o seu conhecimento sobre determinada área.

É necessário compreender suas dificuldades de maneira adequada para tornar eficaz o estudo e esquecer da concorrência, quanto mais pensar, menos qualidade irás conseguir na realização para a prova e menos chances de passar neste concurso.

Thalles Cakan

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *